1 jun

Viagem para Orlando – Dicas da sua Assistência Viagem

Hoje, continuaremos o post da semana passada sobre algumas das montanhas russas mais incríveis de Orlando. Comentem e deem sugestões. Esperamos que gostem.

Rock’n'roller

Esta montanha atinge a força de um supersônico F-14, muitas guinadas, e curvas sincronizadas ao som do Aerosmith. Precisa coragem!

Localização: Disney Hollywood Studios

Manta Fly Now

Todo o trajeto é feito de cabeça para baixo. Imita os movimentos de uma arraia. Quase 100km/h. Melhor usar capinha de chuva porque o carrinho dá rasantes na água.

Localização: Seaworld

Montu

Uma das montanhas russas invertidas mais altas do planeta. Looping verticais e velocidade que pode atingir quase 100km/h

Localização: Seaworld

Gwazi

Duas montanhas russas de madeira que fazem percursos diferentes, e chegam a 100km/h

Localização: Busch Gardens

Sheikra

Concorridíssima. Curvas de cabeça para baixo, túneis subterrâneos, pés soltos no ar, descida de 61 metros, velocidade de 112km/h

Localização: Busch Gardens/Tampa

Incrível Hulk

Tão grande que você pode ser visto de qualquer lugar do Parque, ou até mesmo fora dele. Adrenalina total!

Woody Woodpecker Nuthouse Coaster

Para crianças, subidinhas e descidinhas tranquilas na fábrica de nozes do Pica-Pau

Localização: Universal

Hollywood Ride Rockit

Um dos diferenciais dessa montanha russa é que você escolhe sua própria trilha sonora. O maior looping do mundo. 3 manobras inéditas e freiadas. 100 km/h, altura de um prédio de 17 andares.  Os marmanjos adoram!

Localização: Universal Studios

Kraken

O mais longo percurso e maior do mundo. Os passageiros ficam presos pelos ombros e com os pés balançando. 7 inversões, 44 metros de altura, e a velocidade passa de 100 km/h.

Localização: Seaworld

Expedition Everest

Subidas, descidas, túneis escuros, de repente o trilho chega ao fim. Gritos. O carrinho faz o mesmo trajeto, só que… de costas

Localização: Animal Kingdom

Revenge of the mummy

Baseada nos filmes A Múmia e o Retorno da Múmia, o passeio é no escuro. Efeitos especiais como bolas de fogo e exército de múmias fazem parte do show

Localização: Universal

Continua semana que vem…

 

30 mai

8 DICAS PARA ORGANIZAR SUA MALA

Vai viajar? Truques para arrumar uma mala esperta e sem excesso

O simples fato de arrumar a bagagem antes de uma viagem virou um tema complexo e não é o único elemento complicador. Há os limites cada vez mais rigorosos das cias aéreas, os itens proibidos, o bom senso. Por isso, aqui vão 8 dicas tão simples quanto fundamentais para a mala não virar uma… mala.

1) Diferencie a bagagem
Amarre fitinhas coloridas, coloque cintos, envolva naqueles plásticos espalhafatosos ou qualquer coisa do gênero. Na maioria dos aeroportos do mundo não há quem confira as etiquetas, e assim fica mais difícil que alguém leve a sua por engano.

2) Identifique duplamente
Nome, endereço, telefone… Não basta colocar uma etiqueta do lado de fora. Coloque também do lado de dentro, por medida de segurança. Se a mala for extraviada e a etiqueta do lado de fora se perder… já sabe.

3) Não caia em tentação
Lei é lei e não tem choro: maquiagens novinhas, cremes caríssimos, garrafinhas da água mineral mais cara do mundo, perfumes… quando o assunto é mala de mão, vai tudo pro lixo se ultrapassar o limite de 100 ml e não estiver acondicionado em sacos plásticos transparentes. Sprays de ar comprimido e aerosóis são proibidos mesmo nas bagagens despachadas.

4) Seja precavido!
Mais do que levar os objetos eletrônicos (que jamais devem ser colocados na bagagem despachada), a mala de mão deve estar pronta para pequenas emergências (atrasos de voo, extravio de bagagens etc). O que isso significa? Leve pelo menos uma roupa completa para um dia, além de um casaco (mesmo no verão, pois dentro do avião faz muito frio), um par de meias e o que te divertir: de iPod a um bom livro. Mas atenção ao excesso de peso, que geralmente varia de 5 a 10 quilos nas principais cias aéreas.

5) Escolha peças básicas e de cores neutras
Elas são mais fáceis de combinar entre si e ajudam na árdua tarefa de não exceder os limites de peso – cada vez menores nas cias aéreas low-cost. Se a viagem for para o exterior, vale lembrar que, embora quem sai do Brasil tenha direito a dois volumes de 32 quilos, os voos locais estão restritos a um volume de geralmente 15 ou 20.

6) Meta a faca!
Há uma conta que recomenda que exagerados por natureza devem colocar sobre a cama tudo o que pretendem levar e retirar sem dó pelo menos um terço. Funciona.

7) Saquinhos mil
Sabe aqueles presentes de avó, que geralmente vinham com o nome bordado e tudo? Eles são extremamente úteis na arte de organizar uma mala. Reserve saquinhos para as peças íntimas e também para cada par de sapatos.

8 ) Bote ordem no pedaço
Agora é que entra a parte mais “técnica”. Comece pelos sapatos, que devem forrar o fundo da mala. Abra as calças deixando metade delas para fora. Recheie com o resto dos itens, com o cuidado de enrolar camisetas e peças pequenas. No fim, “feche” as pernas das calças por cima de tudo, para que não amassem muito. Use as laterais para colocar os acessórios, os saquinhos de roupa íntima e as meias.

29 mai

Bem Vindo ao Blog da Touristcard

A imagem abaixo representa muito bem a nossa empresa 

 

Aproveite as dicas, informações, navegue, critique, elogie e aproveite! 

Ele foi feito para você!

27 mai

"> Economize espaço na sua mala!

Arrumado as malas para viajar nas festas de fim de ano? Que tal algumas dicas que vão te ajudar a economizar espaço na sua mala.

Fazer as malas é uma arte, começa por organizar o que deve ser levado sem excessos e não esquecer de colocar nada já que na volta ela é sempre mais pesada. Confira as dicas:

Dividindo os pertences

Antes se de deixar levar pelo desejo de comprar tudo que vê nas vitrines pense duas vezes. Frasqueira de mão para as mulheres e necessaire para os homens devem carregar apenas os produtos de higiene pessoal. Não leve o estojo completo de maquiagem, selecione apenas o que combina com os ambientes que vai frequentar, o mesmo vale para bijutrerias, pequenos saquinhos são bem-vindos também porque podem ser colocados em vários cantinhos da mala.

Arrumando a roupa

Depois de selecionar bem os conjuntos de roupa que irá vestir, pode começar a preencher a mala com rolinhos bem apertados de roupas sintéticas, de malha ou jeans, calçados ensacados e peças de roupas pesadas bem dobradas. A dica é dispor por cima as roupas mais leves, como blusas e camisas dobradas. A próxima camada deve ser preenchida com peças de tecido mais fáceis de amassar – como calças, saias e vestidos –, que devem ser dobradas no maior tamanho possível.

Encaixando os acessórios

Cintos podem ser esticados contornando as laterais internas da mala. As meias podem ser colocadas dentro dos sapatos, para economizar espaço.Escolha também uma bolsa resistente (couro é o ideal) com as cores marrom e preta, coordenadas para combinar com tudo.

Ignorando o dispensável

Ferros elétricos até podem parecer uma boa ideia à primeira vista, mas pesam muito e só atrapalham durante a viagem. Se precisar, procure o serviço de lavanderia do hotel. Também escolha, no máximo, dois livros, para não ficar tentado a ler demais. Caso seja escrava do secador de cabelo, certifique-se de que a hospedagem não oferece o equipamento ao hóspede.

Prevendo situações

Bastará um dia para que parte da roupa fique suja. Leve um saco plástico para separá-la das peças limpas. Outra situação que deve ser pensada é a possibilidade de a mala ser extraviada. Por isso, se estiver viajando com alguém, misture as peças para que ambos tenham ao menos um estepe em caso de alguma bagagem sumir. Leve máquinas fotográficas, smartphones e laptops sempre na bagagem de mão.

Outra dica são os produtos feitos para nos ajudar a ganhar espaço na mala como os sacos inteligentes, sacos redutores e os kits de viagem. 

Se o destino for frio, provavelmente o viajante vai levar casacos de lã, jaquetas e outras peças de roupa que ocupam muito espaço na mala. Uma dica é se valer das “space bags”, sacos redutores por compressão a vácuo que reduzem em até cinco vezes o volume das roupas (com a ajuda de um aspirador de pó). Eles são vendidos em vários tamanhos e podem ser reutilizadas, sendo à prova d’água também.

Muitas lojas oferecem kits de viagem: necessaires com produtos em miniatura, como pasta de dente, escova de dente, escova para cabelo, shampoo, condicionador e sabonetes. Pode ser uma boa ideia para economizar espaço na mala.

 

 

25 mai

Quais os Documentos Levar? – Dicas de Viagem

Entre as diversas coisas que devemos nos preocupar ao planejarmos nossa viagem, os documentos estão entre as mais importantes. Saiba quais os documentos deve ter em mãos.

• Para embarque - passaporte com validade mínima de 6 meses, documento de identidade dentro do período de validade e visto consular (quando necessário). Para menores desacompanhados é exigido uma autorização assinada pelos pais com firma reconhecida. Se ele estiver acompanhado apenas de um responsável, a autorização do outro é obrigatória. Todos esses documentos devem ser originais.

• Para transitar em outro país - o passaporte é o único documento válido internacionalmente. Se você tiver um local seguro para guardá-lo, prefira uma cópia autenticada das primeiras folhas. Em caso de perda ou roubo, procure as autoridades locais imediatamente e comunique também ao consulado ou à embaixada brasileira do local.

• Vistos - alguns países só permitem a entrada de estrangeiros com a aprovação do visto consular. A obtenção desse visto se dá de acordo com o regulamento e critérios adotados em cada país. Para saber se o seu destino exige visto de entrada, verifique com o respectivo consulado.